por Cáudia Renata

“Enganosa é a graça, e vã é a formosura; mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada” (Pv 31:30)

Vivemos numa sociedade onde a ditadura da beleza estabelecida pela mídia impõe a magreza, o corpo sarado, pele e cabelos perfeitos etc, como padrões de beleza.

Hoje o corpo da mulher está exposto a essa pressão e esse pseudo conceito de corpo perfeito tem gerado inquietações e desconfortos à nossa sociedade, uma vez que a ditadura da beleza não tem por finalidade cuidar da qualidade de vida das pessoas, mas produzir cada vez mais pessoas ansiosas, consumistas, depressivas e insatisfeitas.

Ao voltarmos para a Palavra de Deus vemos o Senhor nos ensinando a agradecê-Lo “porque de um modo assombroso e tão maravilhoso fui formada…” (Sl 139:14). Ele nos fez à Sua imagem e semelhança e nos criou com um propósito “Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras as quais Deus preparou para que andássemos nelas.” (Ef 2:10). E o mais importante, Ele nos transformou “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” (II Co 5:17). A Bíblia ressalta a importância da beleza interior permeada por valores e princípios incorruptíveis. “Pelo contrário, a sua beleza deve estar no coração, pois ela não se perde; ela é a beleza de um espírito calmo e delicado, que tem muito valor para Deus.” (I Pe 3:4)

A Bíblia nos ensina em várias passagens como nos tornar belas, mulheres de coração bom, misericordioso e perdoador; mulheres humildes, mansas e longânimas (Ef 4:32). A Bíblia afirma que a mulher que teme ao Senhor é forte e respeitada; e que a força e a honra são os seus vestidos e que não tem medo do amanhã (Pv 31:25).

Precisamos combater a obsessão pela aparência, pelo material, pelo que é passageiro. Precisamos inclusive, aprender a envelhecer; pois esse é um caminho inevitável, mas que pode ocorrer com saúde e dignidade. Temos que buscar o equilíbrio entre o bem-estar do corpo, saúde das emoções e vigor espiritual. Viva a vida com sabedoria e qualidade. 

Cada pessoa tem uma beleza única e precisa ser valorizada e sentida como natural.

“Deus é belo por excelência, porque fez belas todas as coisas e porque faz a vida ser bela.”

Sejamos belas por inteiro! 

Cláudia Renata é professora de Português na rede pública para o Ensino Médio e Fundamental em Brasília, Brasil. É uma forte líder em sua igreja local e mora com seu marido e duas filhas adolescentes.